quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

astrolog- 8 de fevereiro de 2011

Armação dos Buzios
Newtoniano 150mm f8
Seeing 3

Um dia cheio. Acordei e terminei a caixa que estava preparando para transportar o Newton. O tinha deixado para trás na ultima semana e precisava busca-lo. Assim peguei o carro , a caixa e uma muda de roupa e fui brincar de Lobo Solitario. Dois dias para observar sem ninguem para acender luzes . Um pouco solitario mas muito eficiente.
Cheguei a casa de meu irmão e rapidamente organizei as coisas . Montei o telescópio e ajustei as buscadoras.
Um progrema que não fazia a tempos. A lua. Com 29% do disco iluminado ela dominava o entardecer. Jupiter próximo. Começo com a 25 mm e rapidamente percebo o Mare Crisium totalmente iluminado. O Tranquilitatis quase todo. Em sua fronteira com o Mare Serenitatis , próximo aos montes Haemus se destaca Plinius um cratera de 44 x 44 km. Bem proxima ao "terminator".
O maior destaque é para Teophilus ,Cirinus e Cathalina nas margens do Mare Nectaris. Beaumont também faz presença. Aumento a Magnificação e me concentro nas Tres primeiras . primeiro 10mm e depois acrescento uma barlow 2x. 240 x . O seeing suporta bem por longos instantes.
 Depois de passear pelo terminator parto para Jupiter . Já baixo no horizonte oeste. Percebo o gradual retorno do cinturão Sul. Ainda não tão destacado como era praxe. Mas claramente retornando. Os Quatro satelites visiveis.
Já mais tarde um pouco uma rapida sessão de céu profundo. Os Messiers de Auriga. M36 , 37 e 38. A transparencia não me pareceu das melhores .M38 bastante difuso.... O Dia foi cheio. Após perder bastante tempo atras de  M67 e não achar nada desisto. A lua ainda  fazia presença e o cansaço atrapalhava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário