quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Orion - O Senhor do Verão.


Orion , a mais magnifica das constelações.

Orion domina o céu de verão em nosso hemisfério.Habitando proxima ao equador celeste a constelação de Orion ,o caçador, é familiar aos observadores de ambos os hemisférios. Seu padrão marcado com estrelas muito brilhantes permite facilmente a visualização de um bravo guerreiro com uma massa em uma mão e um escudo em outra. Seu cinturão é marcado por um grupo de estrelas conhecido de todos: as Três Marias.
Duas estrelas super gigantes dominam a constelação: Betelgeuse e Rigel.
A primeira marca o ombro do caçador e a outra seu joelho esquerdo. A primeira é uma super gigante vermelha com um brilho que oscila de magnitude 0,5 a 1,5 ,em um periodo de 6 anos.Ela é tão grande que foi a primeira estrela registrda como um circulo pelo telescópio espacial Hubble.
Rigel por sua vez brilha constantemente a magnitude de 0,1.
Orion e seu cinturão foram explorados por Galileo que nos legou um mapa da região. Ele com seu telescópio primitivo viu mais estrelas que nós. Compare os mapas atuais ao desenho legado por ele.
o
Há diversas lendas associadas a este caçador celeste. Uma delas conta que ele deixou Diana , a deusa das florestas ,  enciumada . Acabou no final apaixonada por este mais ai já era tarde demais e ele morreu. Foi para o céu. No céu o caçador possui dois cães . O Cão maior e o Cão Menor que nascem depois dele. Ele foi perseguido pelo pelo escorpião mandado por Diana . Mas como podemos perceber nunca se encontraram,. Quando um esta a nascer o outro esta a se por. Um domina o verão e outro domina o inverno.

Orion apresenta diversos objetos de céu profundo. M42 , a grande nebulosa, é um deles e o mais famoso. Esta região nebulosa é visivel a olho nú , no centro da “espada” que ele trás pendurada ao seu cinturão. Conhecida desde a antiguidade , esta nebulosa é um imenso berçario estelar. Em seu centro se vê o trapézio um grupo de estrelas multiplas que habitam o cerne desta nebulosa. No mesmo pacote se observa M43 que na verdade faz parte da mesma nuvem de hidrogenio que envolve grande parte desta constelação. M78 é uma outra nebulosa na area . Aqui habita também uma das imagens mais famosas do céu :a nebulosa cabeça de cavalo. Na verdade grande parte da conselação é envolta em nebulosidade. O cinturão de Orion é composto por um grande aglomerado que navega junto pela via lactea. O cinturão também apresenta diversos aglomerados abertos envolvidos.

Toda a constelação é interessante e apresenta diversos aglomerados abertos e nebulosas . Muitas estrelas multiplas também existem.
Orion é material para muitas e muitas noites de observação independente do equipamento que você possua.

Bons Céus.