segunda-feira, 29 de junho de 2009

Binóculos e astronomia




Quando se pensa em astronomia logo se pensa em telescópio. Porém a melhor forma de se iniciar na observação celeste é , com larga margem de vantagem, com o uso de binóculos.
A principal vantagem é que os binóculos apresentam um campo de visão muito mais amplo do que telescópios. Isto torna mais facil localizar os objetos que você procura . Você pode “scannear” areas maiores sem se perder.
Os binoculos não apresentam a imagem invertida.
São tambem faceis de se transportar.
Por fim ,mas não menos importante, é o custo. Binoculos são mais baratos que telescópios.
Mesmo binoculos baratos permitem a observação de objetos muito mais tenues do que com a vista humana desarmada.
Binoculos vem sempre com duas especificações . Em geral escritas no corpo do mesmo. O primeiro numero é magnificação ou o numero de vezes que o binoculo amplia o objeto observado. O segundo numero diz o diamentro da lente do binoculo.
Assim um binoculo de 7x50 significa que o ele vai ampliar a imagem 7 vezes e que possui lentes de 50 mm.
Quanto maior a magnificação menor o campo de visão.
Binoculos de 10x50 costumam ser padrão. Apresentam baixo peso , um grande campo de visão e bom preço.
Eu possuo um binoculo de 15x80. A maior ampliação e lente me permite observar objetos mais tenues , em contrapartida e mais dicil de se estabilizar e bem mais pesado.

Agora algumas dicas para se conseguir um bom binoculo:
1- Antes de comprar chacoalhe o binoculo . Se ouvir sons de partes soltas peça outro. Mesmo fabricantes renomados apresentam falhas no controle de qualidade.
2- Teste tudo o que deve se mover. Naõ devem haver folgas . Nem nada travando.
3- Os oculares estão alinhados ou só um linguado consegue utiliza-lo sem forçar a vista. Tente outro fabricante.
4- Olhe bem as superfícies oticas atrás de arranhões,fungos restos de silicone para fixação etc.. . Alguns destes defeitos podem ser puramente esteticos . Teste o binoculo e veja a qualidadeda imagem. Pode-se obter descontos.
5- Teste o peso. Agora imagine se você pode aguentar isto por uma hora.
6- A menos que tenha dinheiro sobrando não compre um binoculo muito caro. Ele deve ser “pé de boi” e você deve leva-lo onde quer que você vá. Se você comprar um binoculo que você não possa deixar cair no chão ele é caro demais para você.
E como dizem : “Dois olhos são melhores que um.”

terça-feira, 23 de junho de 2009

Apresentação




            O Nuncius Australis é um blog que apresenta o viés pratico da  Astronomia. Sua maior paixão são os chamados D.S.O`s ( uma sigla e um anglicismo para se referir a Objetos de Céu Profundo). Mas não só isto . Observações Planetárias e afins também são abordadas.  O Nuncius Asutralis possui como equipamento um Telescópio Refrator de 70 mm e um refletor de 150 mm . Ambos em montagens equatoriais. Sendo a EQ 3 motorizada nos dois eixos. 
           Possui também uma pequena coleção de binóculos e esporadicamente dedica matérias a observação binocular. 
           Você vai encontrar também analises de equipamentos, resenhas de livros e softwares destinados a astronomia e afins...
           Realizando observações ,em geral, de áreas com forte poluição luminosa pode-se dizer que é um blog especializado em astronomia urbana. Astrofotografia também é um assunto querido.
       Este post foi atualizado em 2012 e o Nuncius Australis vai completar 4 anos apresentando suas aventuras no aprendizado da Astronomia em suas mais diferentes expressões.  O Nuncius Australis também espera servir para suprir uma carência de textos e livros de Astronomia realizados no Hemisfério Sul . Por isto Australis...
           Espero que gostem.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Astrolog 2 - Arae e Centauro

astrolog 2- 22 de Junho de 2009 Entre 21:00 e 23:30
Celestron 70mm com ocular de 20mm
Seeing +-
Rio de janeiro - Observatorio Nuncius Australis




Arae


Apesar da lua nova o seeing não era grandes coisas. O horizonte sudoeste apresentando muita bruma. Apesar disto algumas novidades . Pesquisando Ara , uma constelação das menos visitadas.

Alpha Arae- Estrela luminosa logo abaixo do anzol em Scorpius . Bem branca , facilmente visivel a olho nú. Serviu como ponto base para pesquisar a constelação.

Ic 4651- Aglomerado aberto bem proximo a Alpha Arae .Contei entre 8 e 11 estrelas . Sem maiores atrativos.

NGC 6397- Pequeno aglomerado globular . Percebia melhor com “ averted Vision” . Com a visão direta parecia uma estrela que não dava foco. Descoberto por Lacaille (LacIII-11). Possivelmente o aglomerado mais próximo. Mag.5.7 . Não se engane , dificil devido a PL.



Centauro
Alpha Cenaturo-Dupla . Se divide para olhos treinados em 50 vezes. Usei para calibrar o finder, que estava totalmente estrábico. Arae tinha me obrigado a muitos malabarismos.

NGC 5617 Agomerado proximo a Alfa Centaurus . Contei 12 estrelas com visão direta e um pouco mais com “averted vision”.Parece um pouco com um rosto tosco.



NGC 5662 – belo aglomerado aberto à 4º 19´de Alfa Centaurus.Uma pequena arvore de natal . Não percebo cores .Estrelas meio sépia. Mais como uma escala de cinza.contei 8 estrelas com visão direta. Estrela dupla na base da arvore. Bem interessante.

P.S
Celestron 75mm
17 junho 2009
Por volta de 00:00
NELM 4-

Al nair (alpha grus) estrelabastante brilhante , vista com 10mm + barlow. Bom foco.

Atria ( alpha triangulo australe)- Bela estrela alaranjada. Pode se ter no mesmo campo gsc 9274;4090 , estrela fraca porem bem branca causando uma boa referencia de cor.

NGC 6025 - Contei mas de uma dezena de estrelas, sem variaçaão de cor. bastante grande Se espalha por cerca de 1 grau.Talvez um pouco mais.um dos grupos forma como uma coroa. Mag 5

Scorpius - Grande Constelação Austral





Projeto do mês – Junho de 2009





No inverno austral a via Lactea sobre nossas cabeças e o Escorpião brilha intensamente.
Scorpius é uma das poucas constelações que é facilmente associada ao nome .
Sua cauda é um asterismo facilmente reconhecivel conhecidos como o anzol.
Sua estrela principal , Antares ou cor scorpius , brilha em 1ª magnitude. A constelação possui 11 estrelas de 3ª magnitue ou mais.
É facilmente reconhecivel.
Vamos começar nosso Tour em Scorpius por seu coração, Antares , uma estrela gigante com 700 vezes o tamanho do Sol, brilha em vermelho intenso. Dai seu nome , O rival de Marte, o planeta vermelho. Antares é uma estrela dupla . Porem a observação de sua companheira é basatante dificil devido ao brilho intenso de Antares.
Seguindo em direçâo a cabeça do Escorpião se encontra outra interessante estrela dupla ,Acrab ou Graffias, esta facilmente separavel com baixa magnificação. Seus componentese são estrelas bem esbranquiçadas.
Zeta Scorpius é uma dupla visivel a olho nú .Zeta 1 é avermelhada e sua companheira Zeta 2 é esbranquiçada.
Centrado em Zeta 2 esta o Aglomerado aberto NGC 6231 . Toda esta região entre Zeta e Mu Scorpius é bastante interessante e sensacional para ser escaneada de binoculo.Mu é tambem uma dupla visivel a olho nú .
Scorpius apresenta diversos aglomerados globulares.
Vale destacar M4 que brilha com 5.9 de magnitude e está localizado a apenas 1º 18´´ de Antares sendo facilmente localizavel .
M80 é um alvo mais dificil . Brilhando a apenas com 7.2 de magnitude e localizado a 2º 46´´ de Sigma, em uma linha imaginaria em direção a Nu Scorpius, é uma presa mais dificil.
Por fim as jóias da coroa . Os aglomerados abertos M7 e M6.
M7 é conhecido é como o Aglomerado de Ptolomeu , e o visivel a olho nu como uma estrela esfumaçada. Com qualquer auxilio otico se resolve em estrelas se espalhando por uma area superior a duas luas cheias. Magnitude 3.3. Foi catalogado por Ptolomeu em seu Almagestus que foi compilado entre 121 e 157A.D..Descrito como “...uma pequena nebula atrás do ferrão de Scorpius.”
M6 é chamado de Aglomerado da Borboleta devido ao arranjo de suas estrelas . Visvel a olho nú como uma leve luminosidade. Magnitude 4.2 .Foi primeiro descrito por Hodierna em seu catalogo publicado na cidade de Palermo em 1654 .

M6


M7

Catalogo J.E.S.S, de Objetos Estelares

O Catalogo J.E.S.S de Objetos estelares



Introdução


Conto esta historia como me foi contada pelo meu avo. Ela foi contada a ele por seu avo.Este Jurou que ela é fruto do saber que ele obteve em centros de grande erudição e de um senhor chamado Jose Eustaquio de Nascimento e Isla.Reza a lenda que grande pescador e eximio navegante.
O avo de meu avo é meu tataravo. Nunca o vi vivo.Nem morto.Continuando no terreno das lendas , era um homem de renomado saber e de total confiança.
De qualquer forma este relato serviu para que ele elaborasse os escritos a quais meu avo me confiou.
Meu tataravo ˜tem uma historia pouco conhecida .Era um um colecionador de estrelas.
Este livro conta mais de 250 anos de historia. Mais precisamente a nossa historia começa 12 de setembro de 1758
Charles Messier foi um caçador de cometas e elaborou uma lista com ( atualmente ) 110 objetos nebulosos ou atípicos os quais ele poderia confundir com cometas. Este se tornou um dos primeiros catalogos de objetos de ceu profundo na história da humanidade. Embora Mesier e seus contemporaneos não soubesem são chamados como objetos de céu profundo : Aglomerados abertos , Aglomerados globulares , nebulosas e galáxias. Alem de outros generos mais raros do zoologico universal. De qualquer forma todos os objetos descritos por Messier fazem parte destes grupos . Bem como os encontrados pelo Sr. José Eustáquio .
A fim de melhor esclarecer os leitores gostaria de abrir um pequeno parênteses antes de começar a história que me foi contada por meu avô.

(São aglomerados abertos agrupamentos de estrelas frouxamente unidas gravitacionalmente”. Podem possuir dezenas a centenas de estrelas, em geral muito jovens, nascidas de uma mesma nebulosa. Apresentam muitas vezes uma nebulosidade associada à nuvem de hidrogênio que serviu de matéria prima para as estrelas que agora compõem.

Já os chamados aglomerados globulares são muito mais densos e estruturados do que os abertos. São como bolas de milhares a milhões de estrelas, que em contraste com os abertos, são todas muito velhas. São das coisas mais antigas do universo.

As galáxias são os chamados “universos ilha”. São sistemas com bilhões de estrelas unidas por sua própria gravidade em geral misturadas com poeira e gás. Apresentam diversas arrumações sendo as mais comuns às galáxias em espiral, elípticas, espirais barradas e as chamadas de irregulares.

Por nebulosas se podem abarcar diversos animais cósmicos, sendo as mais comuns chamadas de nebulosas de Emissão e de reflexão. São também os berçários estelares. Pode ser também restos de explosões estelares. “De supernovas que representam o fim da vida de estrelas supermassivas.”

Por fim gostaria de deixar claro que diversas explicações de caráter técnico serão apresentadas entre aspas, em itálico e não são fundamentais para o entendimento de nossa história porem ajudarão em uma maior compreensão.)

Primeiras Luzes- Astro foto



Amplie clicando sobre a imagem . Jupiter 2007 . Voce pode localizar as duas luas ?



Camera Point and shoot. Com metodo afocal . Veja proximos posts.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Astrolog - Crux - O Cruzeiro do Sul

Log 01
Rio de Janeiro 20 de maio de 2009
Refrator de 70mm com oculares de 20mm e 10mm (50 e 100x)
Magnitude a olho nu em torno de 4
Noite sem nuvens

NGC 4329- aglomerado aberto onde pude contar entre vinte e trinta estrelas sendo 11 facilmente percebidas. Ocupa uma grande area de cerca de 1 e1/2 luas.não percebo diferença de cor entre as integrantes todos com coloraç˜ao esbranquiçada. So observei com a ocular de 20mm (50) devido a grande area escolhida . Alvo fácil para binóculo. Com o led centralizado sobre ele acrux fica bem no limite do buscador. Um pequeno saleiro escondido no cruzeiro. Interessante embora bastante esparso. Magnitude de 7,2.

• Acrux.- Fácil estrela dupla . Ambas de cor esbranquiçada com a menor talvez um pouco mais fria. Separadas por 1’ 3’’. Seeing entre 1 e2
.
• Rubiacea –Gacrux .Uma dupla mais interessante . Gacrux 1 e intensamente vermelha . Já sua fraca companheira e bem branca.fácil de separa-las bastando 50x . melhor a 100x

• Pálida – O nome já diz tudo. Mais algumas fracas estrelas no campo do ocular de 20mm

• Caixa de jóias- Muito colorida com estrelas de diversos espectros. Desde o vermelho tinto ate estrelas bem azuladas. Contei 11 estrelas sendo 7 sempre visíveis.Com ambos oculares

• Jupiter -De binóculo. Nascendo a leste. Cerca de 23: 30 . Duas luas facilmente observáveis . Provavelmente Calisto e Europa. Boa visão do disco, percebendo-se cinturões.