terça-feira, 3 de agosto de 2010

NGC 4755 - A Caixa de Jóias



     O aglomerado de Kappa Crucis ( Cruzeiro do Sul) é um brilhante e espetacular aglomerado galáctico. Um dos mais belos e chamativos do hemisfério sul.

     Extremamente fácil de ser localizado  será facilmente visível pela sua buscadora no mesmo campo que Beta Crucis ( também conhecida como Mimosa é a estrela que marca o braço leste do Cruzeiro do sul). A caixinha se apresenta obvia para qualquer buscadora otica. Um discreto triangulo de estrelas com dois "apontadores". HIP 62732 juntamente com  HIP62646 forma estes apontadores e juntamente com o triangulo propriamente dito são facilmente percebidas com minha pequena 6X30. HIP 62732 é uma variável também conhecida como DS Crux. Os "apontadores" não são membros do aglomerado...



 
 




  Seu nome popular , Caixa de Jóias, é derivado de Sir John Herschel, que disse que aquele aglomerado lhe produzia a impressão de estar frente a uma soberba peça de joalheria.  Cerca de 50 membros mais brilhantes estão comprimidos em um espaço de cerca de 10´de diâmetro , o que representa algo como 25 anos luz . Sua area total se aproxima de 50 anos luz.
 
   O Aglomerado foi "descoberto"  pelo sócio do "Nuncius Australis".   O Abbe Lacaille . Em seu levantamento dos céus Austrais relizado na Cidade do Cabo entre 1751-52. Respondia pela entrada Lac II. 12 de seu catalogo . Sua categoria II indica aglomerados com nebulosidade. Com aparelhos oticos mais eficientes que as pequenas lunetas de Lacaille o aglomerado se resolve na integra e não apresenta nebulosidade envolvida.
       
      As estrelas mais brilhantes são super gigantes e incluem algumas das estrelas mais luminosas conhecidas em nossa galáxia.Das 10 mais brilhantes 9 são do tipo B.  A estrela mais brilhante do aglomerado brilha como 80.000 sóis.
    A luminosidade de suas estrelas foi calculada por Radcliffe . Segundo seus estudos, ha informações discrepantes na literatura.
      A região apresenta muito poeira inter estelar o que torna difícil calcular a  distancia e a magnitude real de suas estrelas. São aceitas  distancias entre 8000  e 5.500 anos luz .   
     NGC 4755 é um dos aglomerados mais jovens conhecido e é comparável em idade e tipo ao famoso duplo aglomerado em Perseu. A presença de super gigantes super brilhantes indicam uma idade de poucos milhões de anos. A presença de super gigantes vermelhas indica que estrelas muito massivas já estão chegando ao fim do seu ciclo de queima de hidrogênio. As brilhantes estrelas azuis de 4755 vão , presumivelmente, iniciar sua expansão evolucionaria em um futuro astronômico próximo.
    O aglomerado habita uma região riquíssima do céu e toda a região merece a exploração com um telescópio de campo largo ou mesmo de um binóculo. Logo ao sul se pode encontrar o Saco de Carvão, provavelmente a nebulosa escura visível a olho nu mais famosa do céu. Com uma area de 7x5 graus é facilmente percebido como uma área sem estrelas a leste de Alpha Crucis. É a nebulosa escura mais próxima a terra.




 
       Fotografar Ngc 4755 é um excelente começo na "arte difícil". Como é um DSO bastante brilhante  ( Mag. 4.2) e bastante próximo de uma estrela extremamente brilhante é bastante fácil de te-lo na ocular.
     Daí a substituir esta pela câmera é um passo. E com DS Crux dentro do campo de minha Canon T3 e o DSO idem o foco é bastante facil pelo Live View da câmera. Por isso  ele já foi vitimado diversas vezes aqui no Nuncius. Na verdade cheguei em tempos primevos a fotografa-la por método afocal. Infelizmente este arquivo perdeu-se em meio aos HD´s.


     
Perceba Ngc 4755 claramente visivel como um pequeno triangulo logo abaixo de Beta Crux.



A mais antiga. Com o "Velho Galileo" ( um refrator de 70 mm)

Nenhum comentário:

Postar um comentário