terça-feira, 22 de setembro de 2009

Desenho Astronômico 101


A primavera se iniciou. E por isto chove sem parar. Me resta tentar desenvolver minha parcas capacidades como desenhista . O desenho astronômico é uma arte que vem se perdendo com o acesso cada vez mais facil a cameras digitais para a realização da fotografia astronômica.O Nuncius , ainda que com pouquísimo talento, vem tentando registrar suas observações através de desenhos.
Comprei um kit de desenho dos mais simples. Consiste em 3 lapises pretos (H,HB,B)
, 2 lapiseiras com diferentes grafites(H,B) , um compasso, uma régua com formas , uma boa borracha e um conjunto de 24 lapis de cor.
Apesar das atrapalhadas primeiras investidas que vocês vêem acima ele tem se revelado mais que o suficiente. (O kit . Não o talento.)
Uma das maiores dificuldades que tenho tido é realizar os desenhos depois de sessões observscionais. Agora Pretendo Realizar ao menos um esboço do que vejo em campo.
Desta forma os desenhos serão,acredto, mais exatos . No momento são simplesmente impressões artisticas.Visitem os melhores momentos da semana no site da sky and telescope nos links do Nuncius .

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

O Catalogo J.E.S.S. de Objetos Estelares

Capitulo 4 –O encontro.

Durante sua não tão curta estada Dom João observou o céu com afinco.Dos registros deixados pode-se acreditar que ele tenha feito entradas no catalogo que vinha organizando.Na verdade ele continuava a se dedicar a constelação de Centauro e buscava esquadrinhala em toda sua área a fim de não deixar nada passar desapercebido. Com isto realizou mais quatro entradas no catalogo que ele planejara organizar . Também com sua chegada a Recife ele descobriu que outras mentes j[a haviam passado pelo Brasil e que ao contrario de sua crença diversos cientistas já haviam fincado bases na região , em especial os naturalistas da expedição de Maurício de Nassau. Entre estes se destacam o naturalista Georg Marggraf e o Médico Willem Piso, que estudaram a fundo a fauna e a flora local , sua farmacopéia e diversas doenças. Para seu maior choque encontrou estabelecida também uma sinagoga ( a mais antiga da America),a Kahar zur Israel. Durante a ocupação holandesa ao longo do sec.XVII, a cidade se tornara cosmopolita e bastante liberal.
Seus achados , foram catalogados como SS2,SS3,SS4,SS5. Na verdade não eram descobertas originais mais sim objetos austrais do catalogo do amigo Messier.Somente observadas em condições geográficas muito superiores as encontradas pelo mesmo. (veja no apêndice “Catalogo J.E.S.S”)
Depois achou que era tempo e seguiu Para o Rio de Janeiro.A embarcação era batizada Santa Efigenia.Era um barco rudimentar com um grupo rude (ou pior) como tripulação.Sua sina estava traçada. O Capitão chamava-se João Batista. Um homem autoritário e temido. Tinha algo como dois metros de altura e mais de cem kilos.Forte.Muito forte. Nunca precisou ser mal. Mas podia. E foi pior.Pelo menos para Silvano Silva.
João Batista realmente não estava muito preocupado com sua alma e implicou de cara com o capelão almofadinha que tinha se juntado a seus homens. Achava péssima influencia sobre sua tripulação e o pior de tudo: achava que ele (Don João) achava que não deveria se submeter as suas ordens. Era verdade .E isto permitiu o encontro entre dois homens tão diferentes quanto Don João Silvano e Silva e José Eustáquio de Nascimento e Islas.Como Don João depois entendeu há males que vem pra bem.Após muitos dias de navegação chegou o momento que vinha se anunciando a muito tempo. O Capitão acusa Don João de promover um motim e incitar seus homens a pratica da vadiagem. Para o bem e para o mal Dom João é abandonado em um bote com todo seu equipamento em algum ponto entre Campo dos Goitacazes e a atual região de Cabo Frio. A pequena embarcação estava com a linha d´agua perigosamente baixa no momento da saída e foram deixados poucos mantimentos e quase nenhuma agua potável. Porém a costa era próxima e após dois dias de navegação a longo da costa em rumo a oeste Don João avista ranchos que diferente das ocas que tinha vislumbrado revelava a presença de europeus .Don João evitara os índios que habitavam a região. Segundo os tripulante dos Santa Efigenia possuíam hábitos alimentares bastante curiosos. Eram os temidos Tupinambás. Foram praticamente dizimados.
Seu desembarque no arraial foi um grande acontecimento. Algo comico. Um naufrago vestido pomposamente como padre e vermelho como m camarão não passaria de forma discreta nem mesmo em uma cidade grande. No fim do mundo então...
Estavam finalmente juntos Silvano Silva e José Eustaquio.
Toda a comunidade esperava pela pequena embrcação, que havia sido avistada já há muito tempo graças a Luneta de José Eustaquio. Eles sabiam que era um homem só e não tinham receio. Sua chegada na verdade era um bom agouro. Permitia saber de novidades da civilização e também afastar o tédio.

No Arraial havia um clima amigável. Era uma terra de conscritos. Ele era frequentado por piratas e seus moradores fixos eram um pequeno grupo de pessoas que se encontravam ali por não poderem se encontrar em nenhum outro lugar.Desta forma era um local calmo e amigável . Os tupinambas que eram vistos como temíveis canibais na verdade mantinham uma relação bastante cordial com os moradores.
José Eustaquio era algo como um politico habilidoso e era um misto de prefeito e de cacique no Arraial. Foi ele que primeiro conversou com Silvano Silva. Não se emocionou muito com a história daquele homem, era como um deles . Porem sua bagagem o impressionou bastante. Falou que ele ia ficar em sua casa até que algo melhor fosse providenciado. Disse também que o padre era muito bem vindo. Haviam nascido diversas crianças no Arraial e todas ainda pagãs. Ficou combinado que ele realizaria os batizados o mais rápido possível.
Em poucos dias eram grandes amigos. Silvano Silva ainda achava que ia ensinar a um entusiasmado amador os segredos do céu. Mas no caso o céu era o de José Eustaquio.

Eu Sou Minoria.


Aqui vai uma do blog badastronomy. Eu , a serviço dos Céticos de Plantão.org , sou da minoria que não acredita.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Astrolog #008

Astrolog 3 de setembro de 2009

Equipamento –Binóculo 15-54x80mm

Locação Arraial dos Búzios ,R.J.

18:00 Jupiter- Mesmo ao lado da lua quase cheia e em meio ao twilight , é enorme. Nenhuma lua .Mais tarde percebi 1 ( provavelmente Ganimedes)
18:15- Mercurio avistado a Oeste abaixo de Spica . Mag 0,73.
Acendeu as 18:10 rapidamente percebido.
Arcturus , Spica ,Altair e Vega Bem visiveis. Deneb só mais tarde.
M7 e M6 – facilmente localizados na cauda de Scorpio.M7 a olho nú . De qualquer forma bastante simples partindo –se de Shaula. M7 é um mar de estrelas e M6 é mais delicado porém belissimo também. Merece o nome de aglomerado da borboleta (Shaula forma um belo par com Lesath no mesmo campo)
Acrab – se dividem porem sem muita cor. Bem proximas Acrab 1 muito maior e mais brilhante.
M4 – fácil porem bem apagado.
M80- mais dificil porem avistado com certeza por volta da 19:00.Partindo de Antares passe por sigma scorpio e em seguida por Omicron . Em uma linha imaginaria em direçao a Acrab, pouco depois de Omicron estará M80 .
Omega Scorpio-Dupla facilmente separavel.Mesma cor.
Zeta scorpio – Dupla (como quase tudo em scorpio)
Ngc6231-Belissimo aglomerado com muita nebulosidade . Merece destaque em uma constelação cheia de “estrelas” mais conhecidas. Facimente localizavel a partir de zeta.
Mu scorpio-Dupla.
M25-Belo porem não se define claramente algo enevoado.Melhora ao se aumentar a magnificação(zoom).Localize M22 e caminhe em direção ao norte.
M22- facilmente localizavel com estrelas em forma de um triangulo escaleno a direita do ocular.Se revela facilmente. Comece em Kaus Borealis e vá para o norte.
M28-Facil delocalizar ainda que tenue. Bem proximo a Kaus Borealis.
M8- A coisa mais próxima de M42 que voce vai ver no inverno.Belissima nebulosa. Vai junto o aglomeradoNGC6530 .Localize Nunki (sigma sagitário) e siga em direção a Kaus Borealis (lambda sagitario) prosiga esta mesma distancia mais uma vez e chegará até M 8
M21-Belo aglomerado aberto. Parta de M28 e boa sorte...Ou a partir de M8... A partir de M8 é bem mais facil. Em uma Boa noite voce vai ver também M20 na Região.
M69 – Muito tenue. Usei visão periferica. Partindo de kaus australis e seguindo um arco de estrelas .Dificil de se vislumbrar.
M23- belo aglomerado aberto. Muitas estrelas.achei meio que ao acaso.Confirmei através do Stelarium. Tenho quase certeza de ser o próprio. Foi o ultimo objeto observado. O tempo nublou rapidamente. Cerca de 23:15.

Diversos asterismos interesantes.( O arco a partir de Kaus Australis e o “triangulo” de M22. Triangulo de inverno(Deneb , Vega e Altair)

Belissima sessão de observaçao em um horario bem razoavel. Com Diversos intervalos . Observar com o binoculo é mais veloz que com o telescopio porém não apresenta a mesma magnificação.Porem o meu binoculo se revela melhor que meu telescopio para objetos mais tenues.E a navegação é bem mais simples. Para duplas e para observação planetaria o telescópio é melhor.Em aglomerados se pode resolver mais estrelas com o Telescopio, porem se perde a nebulosidade.Globulares melhores no binoculo.
Apesar da lua quase cheia o “body count” foi otimo.

No dia 7 foram avistados quase todos os objetos listados acima e mais.

M20 – A nebulosa trifida . Nesta noite antes da lua nascer se vislumbra a nebulosa propriamente dita . Ainda que sem se notar as faixas escuras que a batiza.

M16 – A nebuosa da aguia . Grande .Bem brilhante.Bela nebulosa . cercada por estrelas fracas.

M71 – Em Sagita( a seta) tenue . O agomerado globular necessitou de um bom tempo para ser avistado . Mesmo assim só o percebi com visão periférica.

M29- Facil Em Cignus.Bem proximo a estrela Sadr.

Localizei um interessante asterismo entre cignus e Lira . Me pareceu um aglomerado aberto. Forma de tridente . Não achei nada a respeito em todas as minhas fontes.Batizei de Bz 2 ( Catalogo J.E.S.S 22). Achei enquanto buscava por M56 .( o qual não localizei.)

Em Scorpio poximos a M7 e M6 observei dois aglomerados abertos menos conhecidos . bem Proximo a M6 esta NGC 6425. E mais proximoa Shaula NGC 6400.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Catalogo J.E.S.S de Objetos Estelares -cap 3

Os Céus Austrais.

Dom João faz uma rapida passagem por Lisboa a caminho do Brasil.
Quase totalmente incógnito .
Da casa de seu irmão ele organiza sua partida. Ele imagina sua ida para o Brasil como uma grande jornada cientifica. Jamais como uma fuga. Seu irmão atua junto ao Rei para lhe conseguir um posto junto a paróquia da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Dom João é um homem de seu tempo. Ele imagina a ciencia como um todo. Tinha profundos interesses em astronomia, botanica , antropologia , geografia.
A filosofia natural era uma ciencia exata.Racional. Ele acreditava piamente em uma visão mecaniscista do universo. Queria descobrir as leis que o regiam.
Mas também acreditava muito na intuição , era um cientista mas tambem um poeta. Acreditava em um forma incipiente de filosofia natural. De certa forma proxima a escola que viria à se constituir na Alemanha de Goethe. Naturphilosophie,que sugeria uma ponte entre o racional e o intuitivo para se entenderem os fenomenos.Assim como sugerido por Schelling, acreditava que uma unidade subjacente a todas as coisas que o homem jamais vai discernir sómente pela lógica. Mas mantinha também forte apego ao método cientifico e era rigoroso em suas pesquisas.
Procurava reunir a maior quantidade possivel de instrumentos para a mesuração cientifica. Telescopios , bussolas, astrolabios , compassos dos mais diferentes tipos. E uma vasta biblioteca para levar saber até as almas que se encontram tão longe.
Pensava nos indios que poderia catequizar. Pensava também nas indias desnudas.
Após um ou dois meses ele estava pronto. A situação se tornava insustetavel e ele já tinha lapidado seu irmão até o limite.
Sua partida se deu Lisboa com duas carroças onde levava seu mundo com ele. Depois de longa viagem até o Porto de La Coruña ele é embarcado como capelão e partem rumo as ilhas Canarias , que seriam sua primeira escala
Era uma noite de lua nova e as estrelas indicavam o caminho . Ele partia rumo ao sul.

Halley passou por lá . La Caille também . Mas ninguem sentou base . Halley foi para Santa Helena e La Caille na Cidada do Cabo.
Dom João se acreditava como o Nucius Australis, aquele que ia levar os céus austrais ao mundo.Mundo que , ao seu ver, coomprendia do ao Mediterraneo, quiçá ao Tirreno . Sua expedição ia para alem do mundo. “Bout du mond” ele gostava de falar.
Os venots ajudaram e após um dia já cruzavam o cabo de Finisterra.Mais uma semana e o sentinela as avistou. No próximo dia baixaram ferros na Grande Canaria.
Dom João sabia da importancia daquela parada. As Canarias eram chamadas de Ilhas Fortunosas e serviam tradicionalmente para os navios espanhóis se abastecerem em caminho ao mundo novo.Era fundamental reabastecerem-se com produtos frescos. Só assim poderiam evitar a praga do escorbuto durante a travessia do Atlantico.
O escorbuto é causado pela carência de vitamina c , e embora suas causas não fossem bem entendidas, era um certo consenso entre os navegantes que o consumo de alimentos frescos ajudava a combater seu surgimento junto a tripulação.
Com seu telescopio montado em terra ele começou suas observações. Ele localizou rapidamente a constelação de Centauro , a qual lhe era pouco conhecida , e começou a explorala. Alpha e Beta Centauro apontam para o Cruzeiro do Sul. Olhou primeiro para a brilhante Alpha. Percebeu trtar-se de um sistema duplo . Com ambos os componentes esbranquiçados e facilmente separaveis por seu poderoso telescopio newtoniano.
“ A diversos tipos de telescopios. Se dividem em dois grandes grupos.Refratores e refletores. Os primeiros usam lentes para captar e focar a luz. Os segundos usam espelhos e Newton criou um modelo até hoje muito utilizado”.
O sistema Alpha Centauro , na verdade consiste em um sistema triplo , porem seu terceiro elemento(Proxima Centauro) não é visivel com os aparelhos que Dom João possuia. São as estrelas mais proximas do nosso Sol e estão a cerca de 4 anos luz da Terra. À 1º 12´´ ao sudoeste ele percebeu um rico agrupamento de estrelas bem tenues. Ele registrou em seu diario: “... nunca foi registrado por meus antecessores. Acredito que tanto La caille como Halley não tinham instrumentos suficientemente poderosos para resolver estrelas nesta regão do céu. Não achei nenhum registro sobre este pequeno porém rico aglomerado.”Foi registrado como SS1 por Dom João.

“Este aglomerado foi registrado , posteriormenete , como NGC 5617 , e possui magnitude de 6.6.”

Na mesma noite deslocou seu telescopio em direção a Omega Centauro. Como descrito tanto por Halley como por La Caille a estrela se revela um enorma nevoa com estrelas se resolvendo em suas bordas. Este imenso aglomerado Globular tornava os famosos aglomerados M13 e M22 que ele já conhecia e faziam parte do catalogo de Messier que ele levava consigo, pequenas manchas.

“Omega centauro é o maior aglomerado globular conhecido em nossa galaxia . Ele é constituido de milhões de estrelas e possuiem seu centro um buraco negro. Acredita-se que tenha se tratado de uma pequna galaxia ecliptica absorvida pela via lactea a bilhões de anos.”

A sua estadia nas Ilhas Canarias foi rapida e o clima se mostrou bastante incerto. Segundo seu diario ele só pode observar o céu de forma clara em 7 dos 20 dias que passaram nas Ilhas. Ele dividia seu tempo também coletando diversas especies vegetais os quais ele buscava com afinco e fazia tanto exicatas como tinturas em busca de substancias uteis para seus estudos de Alquimia.

Dom João buscava ,como muitos em seu tempo, a Panacéia universal. Esta seria a cura de todos os males e levaria a vida eterna. Eram os primórdios da Quimica. Ele realizava diversas experiencias de carater alquimico , sempre de forma discreta já que a alquimia era vista como uma forma de feitiçaria e mal vista por muitos.Na verdade o conhecimento da Alquimia era visto como heresia e seu entendimento como proto ciencia se mistura a grandes doses de misticismo e em especial á tradição de Hermes Trimegisto. Desta forma Dom João acreditava em um paralelo entre os metais e os planetas . O Sol com o ouro, a lua com a prata,Mercurio com mercurio,Venus com o Cobre, Marte com o ferro,Jupiter com o estanho e Saturno com o chumbo. Uma de suas maiores ambições era determinar os componentes que compunham os Planetas e as estrelas.

A sua viagem seguiu sem incidentes , embora a ausencia de ventos durante a sua passagem pelo o Equador fez com que a travessia durasse 42 dias e as condiçoes a bordo se deterioravam rapidamente quando atingiram a costa nordeste do Brasil.Após aluns dias aportaram na futura cidade de Recife. A area era cercada de manguezais e a populução mais abastada se refugiara em Olinda. Uma area mais elevada e de facil defesa. A região já fora palco de disputas entre portugueses e Holandeses e era uma das areas mais desenvolvidas do Brasil. Dom João conseguiu alojar-se no recem construido convento de Santo Antonio. Lá recuperou-se da longa travessia enquanto aguardava outro barco que fosse rumo ao Sul e o Levasse até o Rio de Janeiro.
(continua)