sexta-feira, 19 de junho de 2009

Catalogo J.E.S.S, de Objetos Estelares

O Catalogo J.E.S.S de Objetos estelares



Introdução


Conto esta historia como me foi contada pelo meu avo. Ela foi contada a ele por seu avo.Este Jurou que ela é fruto do saber que ele obteve em centros de grande erudição e de um senhor chamado Jose Eustaquio de Nascimento e Isla.Reza a lenda que grande pescador e eximio navegante.
O avo de meu avo é meu tataravo. Nunca o vi vivo.Nem morto.Continuando no terreno das lendas , era um homem de renomado saber e de total confiança.
De qualquer forma este relato serviu para que ele elaborasse os escritos a quais meu avo me confiou.
Meu tataravo ˜tem uma historia pouco conhecida .Era um um colecionador de estrelas.
Este livro conta mais de 250 anos de historia. Mais precisamente a nossa historia começa 12 de setembro de 1758
Charles Messier foi um caçador de cometas e elaborou uma lista com ( atualmente ) 110 objetos nebulosos ou atípicos os quais ele poderia confundir com cometas. Este se tornou um dos primeiros catalogos de objetos de ceu profundo na história da humanidade. Embora Mesier e seus contemporaneos não soubesem são chamados como objetos de céu profundo : Aglomerados abertos , Aglomerados globulares , nebulosas e galáxias. Alem de outros generos mais raros do zoologico universal. De qualquer forma todos os objetos descritos por Messier fazem parte destes grupos . Bem como os encontrados pelo Sr. José Eustáquio .
A fim de melhor esclarecer os leitores gostaria de abrir um pequeno parênteses antes de começar a história que me foi contada por meu avô.

(São aglomerados abertos agrupamentos de estrelas frouxamente unidas gravitacionalmente”. Podem possuir dezenas a centenas de estrelas, em geral muito jovens, nascidas de uma mesma nebulosa. Apresentam muitas vezes uma nebulosidade associada à nuvem de hidrogênio que serviu de matéria prima para as estrelas que agora compõem.

Já os chamados aglomerados globulares são muito mais densos e estruturados do que os abertos. São como bolas de milhares a milhões de estrelas, que em contraste com os abertos, são todas muito velhas. São das coisas mais antigas do universo.

As galáxias são os chamados “universos ilha”. São sistemas com bilhões de estrelas unidas por sua própria gravidade em geral misturadas com poeira e gás. Apresentam diversas arrumações sendo as mais comuns às galáxias em espiral, elípticas, espirais barradas e as chamadas de irregulares.

Por nebulosas se podem abarcar diversos animais cósmicos, sendo as mais comuns chamadas de nebulosas de Emissão e de reflexão. São também os berçários estelares. Pode ser também restos de explosões estelares. “De supernovas que representam o fim da vida de estrelas supermassivas.”

Por fim gostaria de deixar claro que diversas explicações de caráter técnico serão apresentadas entre aspas, em itálico e não são fundamentais para o entendimento de nossa história porem ajudarão em uma maior compreensão.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário