sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Observando M65 e M66

Galáxias são sempre alvos mais difíceis para o observador que gosta de céu profundo. Elas são longe, ténues e geralmente não visíveis por sua buscadora.
Esta época do ano há um premio interessante ao alcance de pequenos telescópios. Talvez até mesmo de binóculos ( Veja Desafios Binoculares). São as galáxias M65 e M66. Localizadas em Leão
Vamos até Chertan nos quartos traseiros... De lá um salto e se chega até Eta Leo. Daí para frente vale o faro. Localize HIP 55262 uma discreta estrela de 7.6 magnitude. Você está muito perto. M66 e M65 estão na ocular. Junto a M66 de 9.0 mag. existe algumas estrelas muito fracas.  Na região você talvez também perceba NGC 3628. Uma terceira galáxia que pertence ao "Triplet" de Leão. Ela é mais apagada que as outras e brilha com 9.5 mag.

M65 é uma galáxia espiral que apesar de sofrer influencia dos outros membros do triplet não sofreu grandes influencias o perturbações dos outros membros. É uma descoberta original de Messier e foi catalogada em  1 de Março de 1780. Algumas fontes atribuem a descoberta a Mechain. Mas Messier não o faz e como este sempre foi justo para com Mechain é provável que isto seja um erro.Mag.9.3

M66 é também uma galáxia em espiral e é a mais brilhante do grupo. Seu braços apresentam algum grau de perturbação . Provavelmente devido a um encontro com NGC 3628. É o maior membro do grupo que batiza. Foi catalogada juntamente com M65 em 1780.Mag.9.0
Veja o Log desta observação em http://nunciusaustralis.blogspot.com/2011/02/astrolog-12-de-fevereiro-2011.html
Curiosamente ele não percebeu estas galáxias em 1773 quando um cometa passou por entre as mesmas. Provavelmente devido ao brilho do cometa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário