sábado, 18 de setembro de 2010

Skeptic - Astrologia

Astrologia não é uma ciência. Astrologia não é mágica. Como diriam os Queridos Pen and Teller: Astrologia é “bullshit”.


Há diversas astrologias. O que é por si só contraditório. Umas dizem que o que importa é ano que você nasceu. Este é seu signo. Neste caso eu seria do Signo de Porco. Outra diz que o que importa é o mês. Neste caso sou caranguejo. Esta mesma pode ser levada mais ao fundo e você passa a ser um monte de coisas ao mesmo tempo. Não importa. Estão todas erradas. Isto é uma grande besteira.

Há um consenso. Existe uma espécie de força dos céus que influencia a nós aqui na terra. Que tipo de força é essa já é mais complicado. Até mesmos os astrólogos parecem não concordar com relação que força é esta e se pode ser mesurada. É importante lembrar: se não pode ser mesurada não é força...

Ok. Digamos que exista então uma força que emane dos planetas e afete a nós seres humanos. Do que poderia se tratar?

As opções são limitadas posto que planetas sejam gigantescas bolas de gelo, rocha, metal, gases diversos e mais algumas coisas. Sua habilidade para nos afetar é muito pequena já que se encontram muito distantes. Muito distantes significa muito longe mesmo. Tókio, nesta escala, é tão perto que a distancia pode ser considerada insignificante.

Quanto à ciência, ciência de verdade, só existe quatro forças fundamentais: Gravidade, Eletromagnetismo, Força fraca e Força forte. As duas ultimas atuam, basicamente, a nível subatômico. É muito difícil imaginar estas nos influenciando em uma escala macroscópica. Sé para ter uma idéia: a força forte enfraquece tão rapidamente em relação a distancia que ele é imperceptível a afastarmos uma partícula a cerca de um bilionésimo de metro de sua fonte.

Restam-nos a gravidade e o eletromagnetismo.

Quanto à gravidade sabemos bastante. Ela atua em grandes escalas e a grande distancia. A gravidade de um objeto depende basicamente de duas variáveis: a massa deste objeto e de sua distancia. Quanto mais massa apresentar um objeto, mais gravidade ele possui. Quanto mais perto mais a gravidade afeta você.

Ta tudo muito bom e ta tudo muito bem. Então vamos quantificar isto. Júpiter é o maior planeta do sistema solar. Sua massa é superior a da lua cerca de 25.000 vezes. Porem se encontra 1500 vezes mais distante. Quem vai ganhar o jogo gravitacional? Neste caso vai ser a distancia. A gravidade da lua influencia a terra. A de Júpiter não. Vide Marés. Todos os planetas juntos representam uma minúscula fração da gravidade da lua.

Se a gravidade é a força que gerencia a astrologia a lua dominaria a influencia de todos os planetas em qualquer mapa astral. Não acontece...

Resta o eletromagnetismo. Este é regido pela carga elétrica e pela distancia. Cargas elétricas se originam de partículas carregadas. Prótons e elétrons. Cargas opostas se anulam e por isto planetas em geral são eletricamente neutros.

Alguns planetas por razões distintas apresentam campos magnéticos. Mas estes são forte somente próximos a estes planetas. Júpiter, novamente, tem um grande campo magnético. Novamente longe demais para nos influenciar. O sol é o único corpo celeste que possui um campo magnético forte o suficiente para interagir com o campo magnético da terra. (Vide Auroras e Apagões como o que aconteceu em 1989 em Quebec, Canadá). Assim sendo o sol deveria ser a única fonte de efeitos astrológicos. De qualquer forma os astrólogos ignoram isto e continuam dando a parte do leão para os planetas com relação às influencias sobre nós seres humanos. Se o eletromagnetismo é a tal força que falam os astrólogos os planetas deveriam ser ignorados.

Simplificando: Se a gravidade é a força por trás da astrologia a lua deveria ser dominante. Se o Eletromagnetismo é a força por trás da astrologia o sol deveria ser o dominante. Isto não acontece. Estamos sem força.

Astrólogos podem ainda alegar que o que rege sua “ciência” é uma força desconhecida pela ciência. E que não seja afetada pela distancia.

“Era uma vez uma cachorrinha que puxava uma imensa carroça...”

Astrologia é conto de fadas.

P.S
  • Não existe força , conhecida ou não , que possa nos afetar na terra da forma exposta por astrólogos.As forças conhecidas enfraquecem muito rapidamente deixando que uma única fonte se sobreponha as demais ( a lua rege a gravidade e o sol o eletromagnetismo). Uma força desconhecida permitia que asteróide e planetas extrasolares se manifestassem em sua vida cotidiana.
  • Astrólogos contam com o fato de que lembramos dos acertos e esquecemos os erros. Mesmo uma previsão acurada é fruto da probabilidade.
  • Estudos sérios demonstram que os clamores e previsões astrológicas não apresentam nenhum valor. Elas não diferem de uma aposta.
  • Há riscos envolvidos em qualquer forma de crendice. Elas impedem o ser humano de exercer o pensamento critico fundamental para a evolução da ciência. E se você lê este blog é porque a ciência se provou superior as crendices. Pergunte a Maxwell. ( Não conhece? Devia...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário