terça-feira, 7 de junho de 2016

IC 2602- As Plêiades do Sul

         

                IC 2602 é a entrada mais popular do Index Catalog. Este é o irmão caçula do famoso New General Catalog organizado por Dreyer e que reuniu e organizou todo o trabalho realizado pelo time de pai e filho dos Herschel , Messier e todos os outros conquistadores do inútil que buscaram por nebulosas até o ano de 1988.Neste ele reuniu 7840 entradas.  O Index Catalog foi o primeiro puxadinho sobre a imensa mansão e foi concluído em 1895 e teve ainda mais um anexo incluído em 1905.  Juntando-se ambos  se reuniram mais 5386 objetos astronômicos.
                IC 2602 é uma descoberta original de Lacaille e foi incluído por este em seu catalogo de Nebulosas sobre os céus austrais publicado em 1755. Foi ele que acabou por  dar ao aglomerado seu muito apropriado nome de " As Plêiades do Sul". Lacaille destripou a finada constelação de Argo Navis (o navio dos Argonautas) . Mas preservou suas partes. Asim surgiram as modernas constelações de Puppis ( Popa), Carina ( Quilha) e Velorum ( Vela). Pela descrição feita de IC 2602 ele registrou esta maravilha antes de convocar os marceneiros...
" 10:34:15, -63:06:16  Lac II.9 -A estrela Theta Navis, de terceira magnitude ou menos, é cercada por um grande numero de estrelas de sexta , sétima e oitava magnitude, as quais recordam as Plêiades".  
                A categoria II do Catalogo Lacaille  reúne o que ele considerava aglomerados  nebulosos.
                Atualmente Theta Carina é o nome da  estrela mais brilhante de nosso aglomerado e facilmente observada a olho nu de qualquer local no hemisfério sul. É uma das mais evidentes nebulosidades no rico campo da Via Láctea que sobe rumo a o Cão Maior e forma a chamada "Linha Magica" do mitológico catalogo JESS de Objetos Estelares. Quantas estrelas você será capaz de resolver no aglomerado vai depender exclusivamente de sua acuidade visual. Com certamente mais de 60 membros verdadeiros e cobrindo cerca de 100´ é um alvo evidente para o observador austral.
                IC 2602 é um aglomerado muito jovem e queimou seus casulos a cerca de 30 milhões de anos. Diversos de seus membros se encontram em estágios pré-sequencia principal. Sua origem remonta a já famosa associação OB de Scorpius -Centaurus e diversos parâmetros em sua população a ligam ao já citado aqui pelo Nuncius Australis Cinturão deGould.  Sua idade as colocam como irmãs mais jovens de sua contra parte boreal. Tem cerca da metade da idade das Plêiades. Um dos indicios mais fortes desta juventude é a velocidade que seus membros giram. Alguns de seus membros completam um giro em menos de 0.2 dias ( um dos períodos mais curtos conhecidos para estrelas de aglomerados). EM membros de massa mais baixa ela se aproxima muito com os modelos previstos e com membros de suas irmãs mais famosas.
                A distancia mais aceita para IC 2602 é de 390 anos luz. Mais distante que as Originais em mais de 80 anos luz. Porém tem um tamanho físico quase igual. 14 anos luz.
Theta Carina 

                Ao observar IC 2602 eu noto dois subgrupos envolvidos . Uma linha onde Theta Carina se destaca como uma espécie de zagueiro central e a frente um grupo que mais parece uma gravata borboleta . Segundo a analise feita pelo Astrometry algumas destas estrelas do segundo grupo são invasores de campo e não membros reais.
                As Plêiades do Sul são um grande alvo para observar-se de binóculos e pela buscadora. Mesmo tendo a visitado centenas de vezes nunca tinha dedicado um post especifico a elas . Provavelmente por nunca ter conseguido um enquadramento decente para nossas damas. Finalmente achei que tinha chegado perto. 


                A fim de garantir um retrato justo achei de bem incluir uma outra foto fruto de um crop e um drizzle que foi realizado com uma zoom 70-300 mm e que cobre uma grande área na região e apresenta bem uma das mais belas e dinâmicas regiões da Via Láctea Austral.


                IC 2602 foi um daqueles DSO´s que "descobri". Logo nos primórdios de minhas observações possui um imenso binoculo de 80 mm com zoom e lentes "vermelho cromo coated". Com ele fui inspecionar a obvia nebulosidade e pronto... Tinha certeza que havia achado algo interessante. Sempre volto.  

Um comentário:

  1. Gracias por los interesantes posts, que me permiten aprender al mismo tiempo astronomía y portugués.
    Saludos desde Buenos Aires
    Carlos Cassini

    ResponderExcluir