quarta-feira, 16 de setembro de 2015

M 70 e a Avenida dos Globulares

                
                Avenida dos Globulares  ,  Quadra M  no 70.   Neste "endereço" reside ou existe M 70.  Este é o ultimo dos Globulares Messier que residem nestas parte de Sagitário e que ainda não apresentei na missão que estabeleci para este inverno. Esta seria fotografar todos os Globulares presentes no Catalogo Messier e que habitassem Escorpião , Sagitário e Ophiucus. Ficaram faltando alguns em Ophiucus que ainda tenho esperança de abater aqui do Rio. Mas sendo estes pequenos e tênues não sei se serão viáveis da Stonehenge dos Pobres.  Especialmente M 107...
                A Av. dos Globulares é uma linha imaginaria que liga alguns globulares na base do Asterismo do Bule. " By the Book" a Avenida é definida pela linha que liga as estrelas Kaus Australis e Ascella. E Assim habitariam dentro destes limites apenas M 69,M70,Ngc 6652 e M54 . Mas acompanhando as obras da derrubada da Perimetral e a revitalização da zona portuária para as Olimpíadas eu acredito que podemos estender a Avenida . Esta agora começaria em Ngc 6441 e se estenderia até M75. Com M 55 habitando uma pequena transversal sem saída.
              M70 é uma descoberta original de Messier e foi observado na mesma noite que M69. Acho curioso ( por razões que já expliquei no ultimo post ) que este não tenha sido percebido por Lacaille em seu escrutínio do céus austrais.

                O melhor meio para se localizar M 70 me parece calcular o centro da linha imaginaria entre Kaus Austrlais e Ascella . M 70 estará lá. Muito próximo de M69 é importante ter atenção para não confundir um com o outro . Especialmente se utilizar um refrator sem diagonal na tarefa...
                Messier nos diz o seguinte em seu catalogo:
"(Observado em 31 de agosto 1780) Nébula sem estrelas próxima a prévia ( M69) , e no mesmo paralelo.Próximo existe uma estrela de 9a magnitude e quatro tênues estrelas telescópicas quase em linha reta , muito próximas umas das outras e que repousam acima da nebulosa se visto em um telescópio "inversor". A posição da nebulosa foi determinada a partir da mesma estrela e Sagitarii. "
                Localizado a 35.200 anos luz e com aproximadamente 82 anos luz de diâmetro . Parece uma pequena estrela fora de foco em binóculos e buscadoras e demanda atenção para ser percebido.

3X Drizzle


                M 70 é um daqueles poucos globulares ( M15 , M 62 e mais uma ou duas dezenas)  que sofreu um colapso do seu núcleo e é extremamente concentrado. Com 240X de aumento percebo algumas estrelas em seu halo. Habitando muito próximo ao centro galáctico é muito exposto a fortes marés gravitacionais.

                Quando observando M 70 com pouca ampliação e grande campo ( Oculares de 30 mm ou mais e com um grande AFV) você talvez perceba uma pequena estrela levemente desfocada. Trata-se de uma nebulosa planetária . IC 4776. Bem discreta e abaixo de 10a  magnitude. 
                As fotos deste post foram resultado do "stacking" de 20 fotos com exposição de 15 segundos em ASA 3200. Telescópio Newtoniano de 150 mm f8 . Montagem HEQ 5 pro. Canon T3 . A primeira foto foi relizada no modo stand do Deep Sky Stacker e a 2 é um drizzle de 3 X croped no Photoshop.  Foram utilizados 8 dark frames. Sem bias e sem flats. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário