quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Resenha : Turn Left at Orion


O livro "Turn Left at Orion" é um novo clássico. Sua primeira edição remonta ao ano de 1989. O Meu é da terceira edição . Infelizmente nunca traduzido para o português (acho que nunca será...) ele é o que podemos chamar de "o manual do escoteiro mirim" do astronomo amador. Com uma coleção de 100 objetos  visíveis em pequenos telescópios ele vai ensinar a arte da navegação pelos céus.
Ele começa apresentando como utiliza-lo e seus" bric-a-bracs". Os objetos nele presentes são classificados por um grupo de telescópios . Quanto mais telescopios , mais interessante é o objeto. A grande nebulosa de Orion e as Nuvens de Magalhães são os únicos objetos que recebem cinco telescópios de ranking.
Um capitulo dedica-se a explicar como observar o sistema solar: os Planetas. Outro exclusivamente para quem deseja observar a lua ao longo de suas diversas fases. E finalmente os objetos de céu profundo . Estes divididos por estação.  Lógico que todas invertidas . Onde você lê inverno deveria ler verão e assim sucessivamente.  No começa de cada estação é apresentado uma visão geral dos horizontes a as estrelas mais brilhantes que serão seu guia. Mesmo desenhados para o hemisfério norte os mapas são capazes de fazer o truque.
O modo de apresentar os DSO´s  é muito bom. Um mapa apresenta os faróis que serão visíveis a olho nu. Depois outro pequeno mapa mostra o que você vai ver pela buscadora . E finalmente o que você vai ver na ocular. Bem realista...
 O texto vai também explicar o que você esta olhando bem como objetos interessantes próximos.
Cobre todos os tipos de objetos celeste ; Aglomerados, galáxias , estrelas duplas, triplas e etc.
Com um estilo bem didatico ele é excelente para jovens astronomos e para o iniciante . O livro é excelente e obrigatório para aqueles que se iniciam na astronomia visual. 
Possui ainda um capitulo ( nas edições mais novas ) voltado para o hemisfério sul e para diversos objetos visiveis por nós , Australis.  E você nem precisa virar o livro de cabeça para baixo. O Nuncius adora este livro e apesar de apresentar alguns objetos impossiveis de sua latitude ele o recomenda com ardor. É uma pena que a astronomi amadora brasileira não disponha de nada sequer parecido com este livro. Repetindo: a didatica é extremamente acessível e mesmo aqueles que nunca olharam para o céu com mais atenção conseguirão se localizar e finalmente aprender a arte do " Star Hopping" de uma forma divertida e nada ameaçadora. Como já foi dito antes este livro deveria acompanhar todo o telescópio de pequeno porte e voltado para o publico iniciante.  Se voce não entende inglês ainda assim é possível extrair o caminho das pedras deste livro. ( Se voce realmente se interessa e pretende se envolver com astronomia e aconselho que aprenda inglês. A literartura disponível na lingua de Camões não é nem de longe suficiente...)


Você pode compra- lo pela na Amazon. Agora também disponível para Kindle. Eu aguardei por quase dois meses pela chegada do mesmo. E valeu cada minuto. O livro decora minha estante da sala até hoje. E já observei quase tudo que ele me apresentou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário