segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Skeptic Australis - ET`s e Ufologia

                    



O Nuncius Australis vai tratar aqui de um tópico que é extremamente controverso. E em nome do qual já foi dita muita besteira. Antes de entrar na questão propriamente dita eu gostaria de apresentar alguns fatos:

-Nenhum objeto viaja mais rápido do que a luz.

-Nenhum objeto pode se mover sem forçar outro objeto a se mover na direção oposta a este movimento

-Nenhum objeto pode se mover através da atmosfera a velocidade superior a do som sem causar um “boom” sônico.

-A gravidade “puxa”, atrai. Ela não é repulsiva. Ou seja, não “empurra”.

- seres vivos complexos não sobrevivem a acelerações instantâneas do repouso para milhares de quilômetros por hora. Nem tampouco a curvas a estas velocidades. (Em razão da inércia).

Colocado estes fatos vamos agora falar de extraterrestres. Evidentemente tenho que falar de óvnis também. Mas como diria o açougueiro vamos por partes.

Em relação ao que foi dito no primeiro tópico não cabe duvidas de que ET´s visitando nosso planeta teriam que possuir naves capazes de viajar acima do limite imposto. Naves que viajassem a velocidades abaixo da luz seriam inúteis. Isto vai contra a idéia apresentada por Einstein de que a velocidade da luz é um limite no universo. No inicio do século XX isto era uma idéia revolucionaria. Porem ao longo de mais de um século diversos experimentos foram realizados e todos validaram esta hipótese. Agora já base para uma teoria. Repito; diversos experimentos e estudos teóricos proliferaram e sem exceções confirmaram a proposta de que não se pode ultrapassar este limite. È uma lei universal.

Um argumento comum aos ufólogos é que ainda não sabemos toda física que existe. É verdade. Mas sabemos um monte e ao longo de um século provas e evidencias se acumularam demonstrando que o limite de velocidade descrito por Einstein é inegociável...

Qualquer um que alegue que ET´s tenham desenvolvido uma “nova física” onde o limite imposto não se aplique tem o chamado ônus da prova para sustentar uma afirmação tão fantástica. Um ônus pesadíssimo. E não vale especulações. Tem que ser uma evidencia forte, pois a alegação assim demanda. Alegações do tipo “ele viu” ou “ele disse” não valem. Entendo que evidencia significa uma prova física ( no caso ou a nave ou o ET seriam o suficiente). Se construir uma nave que ultrapasse a velocidade da luz também será considerado conclusivo.

Não serão admitidas aqui idéias ainda mais obtusas do tipo: Eles não possuem corpo físico logo a física não se aplica. Ou eles se comunicam telepaticamente com eleitos e etc.. . Isto não é sequer pseudociência. É charlatanismo ou esquizofrenia... Não podemos também esquecer os absurdos que envolvem a colonização da terra e que vão contra o evolucionismo. Mas isto fica para a próxima.Por fim o uso de buracos de minhoca e outras dimensôes também dependem de serem provadas. Hipóteses não são provas...

Mas OK. Na ficção cientifica mais deslavada, digamos que eles conseguiram.

Bem faltam ainda alguns fatos. Certas limitações. São comportamento normal dos óvnis na atmosfera terrestre diversos fatos que vão contra as idéias apresentadas no começo deste texto. Quanto a estes fatos não há controvérsias. São conhecidos a mais de 400 anos e a mecânica newtoniana os explica.

Acelerações e paradas instantâneas ou quase em velocidades hiper sônicas. Outro comportamento comum é a ausência de sons. Depois eles também não apresentam fumaça, barulho, sons de exaustores que explicaria a presença de motores propulsores. Fora a ausência de bum sônico quando ultrapassam a velocidade do
som.

Em suma as alegações de visitas extraterrestres não são convincentes o suficiente para que possamos acreditar que aliens nos visitem ou tenham visitado.

O Nuncius não esta alegando que não existam civilizações extraterrenas. Porém como diz o nome elas são extraterrenas.E se trata apenas de uma hipótese. E que a ufologia como exercida hoje não é ciência .

Alguns projetos como o SETI podem ser considerados sérios. Mas este até hoje não alegou que tenha descoberto provas a respeito de vida inteligente fora da terra .E apesar de novas tecnologias continua sua busca. Casos apresentados em programas de TV e em diversas revistas são na maioria das vezes fraudes. E outras vezes enganos. Ciência de verdade não se faz no History Channel ou na Revista Ufologia... O programa SETI não encontra sequer sinais de radio e este veiculos midiaticos defendem a ocorrencia de milhares de casos por ano.
E novamete preciso lembrar que Pseudociencias vão contra o pensamento critico e ao verdadeiro desenvolvimento da Ciencia. Devem ser combatidas .  

Um comentário:

  1. Parabéns pelo bom texto.
    Excelente na sua abordagem e bem didático.

    ResponderExcluir