domingo, 10 de junho de 2012

Em Lira: A Dupla-dupla, um sistema mais que duplo, Épsilon Lira




          
            Para localizar este belíssimo sistema estelar múltiplo primeiro ache um dos mais famosos asterismos do céu. Olhando para o horizonte norte ache o conhecido “Triangulo de Inverno” (para nós austrais).
 Ele é formado por Deneb (Alpha Cignus), Altair (Alpha Aquila) e Vega (Alpha Lyra). A mais brilhante destas estrelas é Vega.  Esta localiza-se no vértice noroeste do Triangulo.
            Épsilon Lira é uma dupla particularmente fácil. Aponte sua buscadora para Vega e no mesmo campo você vai perceber que o que parece uma estrela única a olho nu é na verdade uma dupla.  Para aqueles dotados de uma excelente visão perceberão a dupla até mesmo com a vista desarmada.

            Mas este par é especial. Em noites com a atmosfera estável e em que estrelas se apresentam como pontos de luz em vez de pequenas bolhas rebolantes, com um seeing bom, cada membro deste par se apresentará como duas estrelas. Um sistema quádruplo...

            Claro que isto depende de seu telescópio ter o diâmetro suficiente. E suficiente neste caso é 60 mm. Confesso que já avistei com meu 70 mm. Mas existem diversos registros do feito com menos abertura.

           Caso não consiga resolver o par em dois pares não se desespere. Volte outra noite e condições mais estáveis vão revelar o segredo da “Dupla-Dupla”.
            Este par de duplas é um verdadeiro desafio para os proprietários de pequenos telescópios.
            A “Dupla- Dupla” (Épsilon Lira) é um complexo sistema múltiplo localizado há 200 anos luz de nós. O par mais ao norte, 1A e 1B se encontram cerca de 150 UA distantes uma da outra e demoram cerca de 1000 anos para se orbitarem. O par mais ao sul, 2A e 2B, também se encontram a 150 UA afastadas uma da outra. Mas demoram apenas 600 anos para completarem seu trajeto ao redor de seu centro de massa. São mais maciças e viajam mais rápido. A posição de ambos os pares mudaram significantemente no ultimo século. Os dois pares também se orbitam mutuamente. São separados por 0.2 anos luz e completam seu trajeto em volta do centro de massa deste lindo sistema em aproximadamente 500.000 anos.
            Todas as estrelas são brancas. 1A tem Magnitude 5.1 e 1B 6.0.  Já 2A brilha com 5.1 e 2B com 5.4.

              Pesquisa recentes mostram que o sistema  possui mais membros . Mas nada que você vá ver...

Nenhum comentário:

Postar um comentário