quarta-feira, 5 de outubro de 2016

M 29 - O Aglomerado Nuclear

              
             M 29 é um pequeno aglomerado aberto em Cygnus ,o Cisne.  Já o tinha observado de latitudes boreais com um binóculo 10X50. Não tinha achado nada de notável no pequeno ajuntamento de estrelas. Com um diâmetro aparente de 9´ e com menos de 50 membros não chega a ser nenhum espetáculo . E habitando a riquíssima região de Cygnus e do grande Rift não se destaca muito entre os maravilhosos campos estelares que abundam na área. 
                Estrelas se organizam de diferentes formas mas todas se formam de nuvens de hidrogênio , hélio e uma pitada de outros elementos . O tempero depende de quando estas se formaram ao longo da história química do universo. A grosso modo quanto mais antigas menos tempero terão...
                Em uma hierarquia de agrupamentos estelares podemos iniciar com o que astrofísicos em geral e Stevenson em particular  definem como uma afiliação difusa de estrelas  também  chamados de associações estelares. Estes são agrupamentos frouxos de estrelas que iniciam sua vida em uma única nuvem de gás e que se movem pelo espaço juntas.  Suas estrelas são tipicamente separadas  por 1 ou mais anos luz e não são "cimentadas" umas as outras pela gravidade. São como carros em um mesmo engarrafamento que se movem em um mesmo passo.  cedo ou tarde seus membros vão acabar se afastando uns dos outros e seguir seu caminho. Um dos exemplos mais famosos destas associações é o Cinturão de Órion. Tais associações tem sua expectativa de vida na casa dos milhões ou dezenas de milhões de anos. Quase  nada em termos estelares...
                Subindo um degrau na hierarquia chegamos a M 29. Um aglomerado aberto.. Assim como as associações aglomerados abertos podem possuir centenas ou mesmo milhares de membros mas neste caso a gravidade dos membros atua sobre outros membros. E assim como nas associações seus cidadãos tem uma idade semelhante. No universo associações estelares podem conter um ou mais aglomerados abertos em seu conjunto. Algo como um vale com diversas vilas ao longo...
                M 29 é um aglomerado pobre. Com menos de uma centena de membros. De qualquer forma segue o modelo padrão destes. Um distinto e evidente núcleo central mais populoso com uns poucos anos luz  e um halo mais disperso com membros mais afastados uns dos outros.  Como a gravidade entre seus membros não é exagerada aglomerados abertos também acabam por se dispersar mas tem uma expectativa de vida maior que as associações e de um modo geral são constituídos de estrelas bem jovens. Existem casos de aglomerados abertos que se mantem unidos por bilhões de anos. Mas como regra geral suas idades são expressas na casa de dezenas a centenas de milhões de anos.  Isto vai depender muito da massa  e da densidade do aglomerado. Bem como de sua localização na galaxia.
                M 29 é uma descoberta de Messier que o observou em 29 de julho de 1764: " Aglomerado com 7 ou oito estrelas fracas que esta abaixo de Gama Cygni e que se parece com uma nébula em um refrator simples de três pés e meio. Sua posição foi determinada a partir de Gama Cygni. Sua posição foi marcada na carta do cometa de 1779"
                Com equipamentos menos toscos que os de Messier se contam algumas dezenas de estrelas no aglomerado e percebem-se claramente as oito as quais ele se refere. Com uma magnitude de 6.6 ha registros de o mesmo ser percebido a olho nu como uma pequena estrela próxima a Sadr ( Gama Cygni).

                Localizar o mesmo é bastante simples a partir da estrela já citada. O mesmo será discreto mas mesmo assim obvio em quase qualquer buscadora óptica. Como um bom representante dos aglomerados abertos M 29 é um jovem de 10 milhões de anos e habita a associação OB 1  Cygnus.  Localizado a 4.400 anos luz de nós ocupa cerca de 11 anos luz de galaxia.
                Acabei por visitar M 29 novamente utilizando o Newton ( um refletor de 150 mm f8) devido ao apelido pelo qual o mesmo é apresentado no Stellarium. "Torre de Refrigeração". E definitivamente ele se parece com isto. A mim lembrou muito as chaminés de uma fabrica. Primeiro me ocorreram  a Refinaria de Duque de Caxias e a  Companhia Siderúrgica Nacional. Mas depois lembrei da usina nuclear de Three Miles Island na Pensilvânia e palco de um desastre nuclear nos anos 70.  

                Achei que ele é mais interessante sem grandes ampliações. Parece ser uma opinião unanime entre quase todos os relatos que localizei. Minha visão favorita  foi realizada com minha ocular de 40 mm (30X). A região é bem interessante e a pequena torre acaba sendo como um pingente na rica região de Cygnus.  Existe alguma nebulosidade na região.

2 X  Drizzle -DSS
                Sendo um alvo brilhante realizei um registro fotográfico rápido. Apenas 4 exposições de 30 segundos foram suficientes para apresentar M 29 de forma honesta e permitir sua fácil identificação. Mas não capturei nebulosidade envolvida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário