quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Ngc 2298-Um Globular a Caminho da Destruição


           
           Embora a temporada mais indicada para caça de aglomerados globulares seja o inverno, quando o centro galáctico vai alto no céu, existem alguns renegados que se aventuram muito alem de suas fronteiras. Um destes renegados fez seu ninho atrás dos belos campos estelares de Puppis.
            Ngc 2298, um solitário, foi descoberto em 30 de maio de 1826, por James Dunlop. Localizado há aproximadamente 35.000 anos luz da terra ele percorre uma orbita elíptica bem acentuada que o leva, em seu caminho, há meros 6.500 anos luz do centro da galáxia em um momento para alguns milhões de anos depois leva-lo há quase 50.000 anos luz do mesmo centro... Sua orbita completa aconteceria a cada 304 milhões de anos. 
            Um recente estudo (2008) baseados em informações coletadas pelo Hubble Space Telescope sugere que Ngc 2298 esta perdendo massa em taxa muito acima do esperado para um globular tão distante do centro galáctico .
Globulares em regiões remotas supostamente devem apresentar uma abundancia de estrelas de baixa massa maior que aqueles que se apresentam junto ao centro da galáxia (e que se apresentam no céus em noites mais frias aqui pelo hemisfério sul...). Mas o nosso cavaleiro solitário não o faz.  O estudo conclui que o aglomerado esta perdendo massa em um ritmo muito acima do esperado. Na verdade, como diz o titulo do estudo, Ngc 2298 seria um Aglomerado Globular a caminho do desagrega mento. ( G.de Marchi eL.Pulone, “ Ngc 2298 ; A globular Cluster on its way to disruption” Astronomyand Astrophysics , Vol. 467.)
            Mas não se desespere. Você tem ainda alguns milhões de anos para localiza-lo

            Este interessante e modesto aglomerado aberto é composto por Pi, uma dupla composta por v¹ e v² Puppis e uma solitária estrela de 5ª magnitude ao norte. Elas dão o formato típico de uma ponta de flecha ao grupo. Com o esta estrela centrada na buscadora se dirija pouco menos de um campo (4º) em direção a oeste até localizar um pequeno triangulo composto por três estrelas de 6ª e 7ª magnitude. Coloque sua maior ocular (25 mm). Ngc2298 vai estar a um pouco mais de 1º a oeste – sudoeste do triangulo. Bem próximo de uma estrela de 8ª magnitude que será obvia na buscadora.

            Observa-lo com meu 150 mm foi difícil. Requer visão periférica e paciência. Não se resolveu. É um belo desafio para telescópios deste porte. Telescópios de 200 mm terão uma visão mais clara do mesmo e talvez resolvam umas poucas estrelas em sua borda.  Meu binóculo de 15X70 não viu nada na posição.
         O Globular não brilha acima da magnitude 9,5 e nenhuma das suas  estrelas brilha acima de 13,5ª magnitude.
            Espere por uma noite clara e sem nenhuma lua. Este é um alvo para os austrais. Não imagino alguém vendo este bruto com Puppis indo baixa no horizonte Sul.
            Espere Pi Puppis estar perto do meridiano para iniciar as buscas , estude bem o mapa  e boa sorte... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário