sexta-feira, 8 de julho de 2011

Cão Maior - O Playboy e o Salva vida.

Em certo país nasceram João e José.


José cresceu em uma bela casa cercado por todas as comodidades. Estudou nos colégios mais tradicionais e foi surfista de renome. Foi famoso e correu mundo.

João nasceu e cresceu em uma comunidade próxima e bem mais modesta. Estudou em escola publica e virou salva vida na mesma praia que José cresceu. Não teve fama, mas teve muita dignidade.

Esta pequena fabula remonta a um país “bem distante”.

A constelação de cão maior.

M 41 faz às vezes de José. O objeto mais tênue conhecido na antiguidade, Presente em quase todos os catálogos antigos, um objeto cheio de história.

M41 talvez tenha sido descoberto por Aristóteles em 325 AC. Isto lhe daria o primeiro titulo. Mas a descrição é vaga e dá espaços para duvida. É registrado com posição confirmada no catalogo realizado por Hodierna anteriormente a 1654. Messier o inclui já na sua primeira versão do seu catalogo.

Para localizá-lo é bastante simples. Olhes para o Holofote. Partindo-se de Sirius é uma fácil navegação até o nosso astro. Logo ao sul e facilmente percebido por sua buscadora.


Já o Aglomerado de Tau Canis Majoris não carrega a mesma história e nem possui um nome tão chamativo. Sua estrela hospedeira ofusca seus membros e esse belo aglomerado não se revela tão facilmente.

Ele necessita de magnificação para se revelar. Mas quando se revela é de uma gentileza eu o enobrece e dignifica. O nosso João.

Ngc 2362 é seu mais novo nome de guerra.

Mas ele traz muita história também

Foi primeiramente descoberto pelo mesmo Hodierna que catalogou seu amigo mais famoso. Passou discreto e humilde por Messier que não o inclui em seu catalogo. Foi redescoberto pelo grande William Herschell durante seu grande levantamento .

Foi batizado por ele pela discreta sigla VII 17. Posteriormente ainda foi denominado como Cr 136 e Mel 65.

Para localizá-lo você deve partir de Wezen (delta do cão) e pela buscadora vai perceber um arco de estrelas. Imagine este arco como uma ondulação e siga sua direção. Surgirão duas estrelas mais brilhantes em campo. Uma delas é Tau do cão. E Ngc 2362.

Talvez você perceba algo diferente na buscadora. Mas este João é tímido e prefere maiores magnificações para se apresentar de fato. 120 x são bons.



Então aguarde o verão quando pudermos colocar calções e poder visitar a praia deste dois admiráveis Cidadãos do céu.

Esta foi a semana mais fria do ano...

Nenhum comentário:

Postar um comentário