segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Vivendo e Aprendendo

Semana passada contei minhas aventuras em astrofotografia com foco direto. Os primeiros passos mesmo. Como acoplar a câmera a meu telescópio. Não foi um processo tão simples como eu acreditava.
Após algum tempo eu tinha um problemão com relação ao foco. Eu não conseguia foco.
A história é engraçada e o tutorial que se segue pode ser útil. Existe ainda um post anterior falando de equipamento que interage com estes.

Astronomia é um hobby legal porque é uma ciência. E então as vezes você aprende algo. Melhor : descobre.

Por que eu não obtinha foco ?

Acabei por solucionar o problema de forma empírica e pela experimentação .

Muito bom mas ficava faltando a outra parte para ser ciência.

Então tendo um problema e  uma solução faltava saber porque finalmente deu certo.

Meu problema : Falta de foco....


Para resolver isto é bom sabermos de quantas formas pode se organizar o conjunto da obra:

Montagens para fotografia



E eu buscava acoplar a câmera com o método de foco primário.  
E só conseguia foco utilizando uma barlow . Utilizando o método de projeção negativa

Agora é necessário compreendermos que existem diversos tipos de formas de se montar um telescópio. E pequenas nuances na forma como estes vão se acoplar a sua camera.
Refratores e refletores. Estas duas famílias se subdividem em vários membros. Existem diversos artigos na web que tratam disto e mais ainda .
Elaborados por físicos e óticos muito mais competentes que o Nuncius Australis para tratar do assunto.
 Assim sendo vou pular uma parte e dar mais um dado .
 O meu telescópio é um Newtoniano.


Logo :



Olhando o outro post você vai entender o que aconteceu comigo . E entender que você tem que obter o adaptador certo para seu equipamento. E como usar ele certo. 
Assim você não comete nenhuma das loucuras que me ocorreram 
E nem precisa ( eu pelo menos não precisei) mover seu secundário .
 O que alias, me parece ser uma péssima idéia . Eu recomendo que você não tente isto . 

Astro fotografia é ótica aplicada no meu hobby favorito . Por isso que astronomia é uma ciência onde você aprende ciências... E ainda se diverte com isso.

Vivendo e aprendendo.

2 comentários:

  1. ENTAO,AUSTRALIS, EU TENHO UM GSO 305MM, PRA MELHORAR AS FOTOS COMPREI UMA DSLR T3I CANON, MAS NAO CONSIGO BOAS FOTOS(NAO TENHO NENHUM ADAPTADOR). JA SEI DOS ADAPTADORES Q PRECISO("T",OCULAR CPL 2",REDUTOR FOCAL?), MAS O VENDEDOR ME DISSE Q COM A OCULAR CPL, NAO CONSIGUIREI BOMS AUMENTOS PRA FOTOS COMO NEBULOSAS E PLANETAS MENORES E AGLOMERADOS,ETC. Q TIPO DE ASSESSORIO RELAMENTE VOU PRTECISAR PRA ADAPATAR MINHA CANON NO TELES COM BOM AUMENTO PRA ASTROFOGRAFIA? OBRIGADO....MAURO JOSE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De uma olhada neste post: http://nunciusaustralis.blogspot.com.br/2011/11/astrofotografia-aprendendo-andar.html

      Com um set up bem simples é possivel fazer fotos aceitaveis. A experiencia , paciencia e insistencia sao fundamentais .

      Voce não falou na sua montagem. Seu tele é bem grande (pesado) e uma montagem equatorial de qualidade sera fundamental.

      Quanto aos "aumentos" voce pode utilizar uma barlow. Mas , eu, não gosto . No processamento voce vai poder ampliar as imagens bastante . Sua camera é melhor que a minha logo as imagens suportarão maior ampliação. Quanto a um redutor focal ele permitirá ampliar o campo mas não o aumento das imagens. para tal só uma barlow ( acho eu). E claro que a distancia focal de seu tele. Quanto mais longo o seu telescopio maior o aumento. e mais escuro ele será ( mais tempo de exposição ). Acredito que com 305 mm voce fara fotos incriveis . As maiores dificuldades não estão no equipamento. para mim são sempre alinhamento polar e foco.

      Voce só precisa mesmo é de um T ring e um telescopio. Veja também:

      http://nunciusaustralis.blogspot.com.br/2011/11/usando-um-t-ring.html

      Excluir