quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Observando Asteróides

Vesta, o quarto asteróide a ser descoberto e um dos mais brilhantes

Em 1 de janeiro de 1801 Giuseppi Piazzi percebeu um tênue objeto na constelação de Touro. Curiosamente aquela estrela não aparecia em nenhuma de suas cartas celestes. Ele marcou a posição desta “estrela" em relação as outras e retornou alguns dias depois para observar a mesma região. Aquela estrela tinha andado.

Futuras observações provaram que o objeto que Piazzi observou era novo e que orbitava o sol a uma distancia de 2.77 UA. (Unidades astronômicas).

Piazzi achou o primeiro asteróide. Pelo menos até que Ceres tenha sido transformado em planeta anão. Como ele foi o descobridor e morava na Sicilia batizou o então asteróide e agora planeta anão em nome de da Deusa protetora da Sicilia. Ceres.

Depois disto centenas de milhares de asteróides foram descobertos e estimativas sugerem que existam mais de um milhão destes objetos com mais de 1 km de diâmetro ou mais...

A maioria dos asteróides se situa entre as orbitas de marte e júpiter. Já ouviu falar no cinturão de asteróides?

Os asteróides mais comuns são conhecidos como carbonáceos. Ricos em carbono. São objetos escuros e que refletem apenas de 3 a 4% da luz solar.

Caçar asteróides é como procurar por agulhas em um palheiro. Mas uma boa carta celeste vai ajudar muito. Sempre que um asteróide atinge 8ª magnitude ou mais e se torna visível a Astronomy e a Sky and telescope vão publicar uma carta detalhada mostrando o caminho deste contra as estrelas de fundo. Diversos programas planetários também são capazes de gerar tais cartas.

De posse de uma destas cartas aponte seu telescópio para o campo estelar mostrado nestas. Uma vez certo de que esta olhando para o local certo passe para a ocular, que deve ser a de maior campo que você possua. Comparando o que vê com sua carta procure por padrões e deduza quem é o asteróide. Faça um desenho acurado da região. Aí aguarde um dois dias e volte ao mesmo ponto no céu. Se você fez tudo certo a estrela que você escolheu terá se movido em relação às outras em seu desenho (ou foto).

Asteróides, por maiores que sejam só serão percebidos como pontos estelares. Aliás, asteróide significa “como uma estrela”. Assim sendo asteróides só podem ser notados graças a seu movimento contra o fundo de estrelas.

É um exercício de astronomia bastante interessante e um desafio para astrônomos amadores.

Boa sorte...





Nenhum comentário:

Postar um comentário